Menu

Suspeito de atirar em jovem causando sua morte, foi localizado e preso pela Policia Militar

07 AGO 2018
07 de Agosto de 2018
Foi preso em uma resposta rápida pelo Pelotão de Patrulhamento Tático (PPT) e viaturas de rádio patrulha da Polícia Militar de Caçador, o suspeito de atirar e matar o jovem Jatanael Gonçalves de Lima, 22 anos, com um tiro no peito durante a madrugada deste domingo (05). O homem, identificado como Wanderley Rodrigues, de 47 anos, foi detido quando chegava em casa, ainda na madrugada, por volta das 3h30.

Segundo informações, o veículo prata que teria passado e atirado contra o Jatanael seria uma Ford/Corier e que estaria com o vidro traseiro quebrado. Mediante esta informação, a PM iniciou buscas pelos bairros Martello e Mutirão e conseguiu localizar o veículo estacionado na garagem de uma residência.

Foi entrado em contato com os moradores do local, onde havia apenas uma mulher, que se identificou como esposa de Wanderley, a qual disse que o marido teria chegado mais cedo em casa bastante nervoso, deixado o carro lá e saído a pé.

Quando os policiais terminavam a movimentação de viaturas na residência, o homem chegou em casa e foi detido, porém já não portava mais a arma que teria utilizado para disparar contra o jovem. Em um primeiro momento ele negou a autoria, mas diante as características repassadas pelos amigos e familiares do rapaz morto, ele foi conduzido até a delegacia.

Chegando na Delegacia de Polícia Civil, Wanderley assumiu ter atirado contra o jovem, mas que possivelmente ele não seria quem o homem queria acertar, uma vez que horas antes ele esteve na casa da vítima e acabou se envolvendo em uma briga com um cunhado e uma cunhada de Nataniel os quais o agrediram.

Ele disse ainda que foi para casa, tomou banho se arrumou e saiu a pé com uma espingarda em punho, onde, ao chegar na casa mirou no cunhado da vítima, mas acabou acertando o jovem que morava a cerca de um mês em Caçador, com sua esposa.

Wanderley foi preso e o delegado da DIC pediu sua prisão preventiva, sendo o mesmo levado até o Presídio Regional, onde ficará à disposição da justiça. A arma, não foi localizada, uma vez que ele disse ter jogado a mesma no Rio, mas partes da arma e munição foi localizada pela PC na casa do homem.
Voltar
Tenha você também a sua rádio