Menu

Policia afirma: “Mulher pode ter delirado ao afirmar que a filha tentou estrangular a mesma no hospital”

16 ABR 2018
16 de Abril de 2018
A mãe que disse ter sido vítima de uma tentativa de estrangulamento da própria filha, dentro do Hospital Universitário Santa Teresinha de Joaçaba,  contou uma história fantasiosa para as enfermeiras e a Polícia Militar. A constatação preliminar é da Polícia Civil que está investigando o caso ocorrido no início desta semana.

O delegado Eduardo Borges disse que nos depoimentos colhidos os investigadores encontraram algumas contradições que levantaram suspeitas e chegaram à conclusão que a história era fantasiosa. Segundo apurado a filha, apontada pela mãe, não esteve no quarto naquele dia, onde inclusive estavam internadas outras pessoas por se tratar de um leito coletivo.

O delegado acredita que a idosa, que estava se recuperando de um AVC, pode ter sofrido ação de algum medicamento, narrando fatos que não teriam acontecido.

O setor de enfermagem ouviu a paciente pedindo socorro no banheiro, mas não há indícios de lesão corporal que sinalizem para algum tipo de estrangulamento. “A idosa pode ter se confundido, nosso cérebro é complexo e prega algumas peças” observou o delegado. Na bolsa da idosa também foi constatado pela Polícia Civil que não existiam R$ 800, 00 valor informado que teria sido furtado. Como não houve intenção de comunicar falso crime, ela não deverá sofrer nenhuma sanção.

Segundo as informações, mãe e filha moram no município de Erval Velho.

Créditos:Espião Notícias
Voltar
Tenha você também a sua rádio