Menu

Marido e mulher morrem com 4 horas de intervalo.

27 NOV 2013
27 de Novembro de 2013
Essa história poderia servir de roteiro para algum filme romântico. Casados há 62 anos, os dois passaram anos viajando ao redor do mundo, adotaram dois filhos e terminaram a vida lado a lado. No último dia 18, eles morreram com um intervalo de apenas quatro horas, em usa casa, em Bakersfield, na Califórnia, EUA. "No fundo do meu coração, eu sabia que isso tinha que acontecer", contou a neta Melissa Sloan. "A vovó e o vovô tinham que ficar juntos, então eles tinham que morrer juntos", resumiu.
Don e Maxine se conheceram na década de 1950, em uma pista de boliche. Após uma vida em sintonia, os dois também adoeceram juntos. Depois de Don sofrer uma queda e quebrar o quadril em meados de julho, Maxine começou a sofrer uma grave piora em seu estado de saúde, ele sofria de câncer há anos. Conscientes da importância quem tinham um para o outro, a família decidiu mantê-los juntos a qualquer custo. Um quarto de hospital foi improvisado na casa deles e eles puderam ficar lado a lado. Quando Maxine parou de respirar, eles estavam de mãos dadas.

O tempo que a família levou para desligar os aparelhos e retirar o corpo da mulher dali foi o necessário para que Don piorasse muito. Horas mais tarde, o seu coração também cessou. "Ele quis ir embora com ela. "É impressionante, uma verdadeira história de amor", disse Melissa. A neta é fotógrafa e aproveitou os últimos dias de vida dos avós para registrar a união do casal.
Voltar
Tenha você também a sua rádio